domingo, 18 de novembro de 2007







Imagens com Música p/ Orkut


Tocou bem fundo no meu coração!
Vóvó...vóvó... vóvó...vóvó...vóvó.......................................
Que bem que ela dizia...(ela é a minha netinha de 17 meses)
Ontem á noite o meu filho e nora foram a uma festa.
Que grande festa para mim!...
Fiquei com os meus netos!... O que nós brincamos!...O que nos divertimos...
Ninguém nos chamava a atenção!... ( o avô é pacifico!... até dizia que a avó é pior que os netos...)
Foi mesmo brincadeira a valer!
De repente ouço vóvó...vóvó... e era mesmo a minha pequenina a chamar por mim!
Que alegria!
Na lista dos nomes familiares como mamã ,papá, vuvu, titi, ... vóvó não saía!
Chamava-me mamã! (já o irmão tinha feito o mesmo)
Peguei nela ao colo e enchi-a de beijos de felicidade, adoro ser avó e gosto de ser tratada como tal!

Que honra! Agora já tenho dois netos a chamar por mim!
Fui a última da lista, mas valeu a espera!...

Vóvó...

Bem, no meio de tudo isto... deixei cair a máquina fotográfica ao chão e avariou-se!
Amanhã, se Deus quizer, vou ver de quanto é o estrago!

A única pena é que pensava colocar no blogue uns trabalhinhos que fiz, (as fotos estão na máquina...) mas também é coisa pouca... pois o meu mercado... já está bem abastecido...

Depois vão ver!

Agora vou continuar a fazer o poncho para a minha neta(deu-me para o tricôt) está quase pronto e vai ficar muito bonito e quentinho.
Ela merece... afinal já diz vóvó!...

7 comentários:

Teteka disse...

Olá 'vóvo´'
Desculpe o tratamento tão 'intimo' mas não sei o seu nome...
Compreendo essa sua alegria, é tão bom quando eles se dirigem a nós pelo nosso nome... já senti isso com mamã e titi... é uma verdadeira alegria!!!
Quanto ao seu blog, nem sei o que diga... tudo o que escrever é pouco ou nada para descrever quão bonitos e perfeitos são os seus trabalhos...
Prometo voltar outro dia para ver peça a peça com mais calma... vou até adicionar o seu link no meu blog!!!
Um beijinho grande, querida 'vóvó' e não perca nunca essa sua juventude e essa garra que me parece ter...
Teresa

Teteka disse...

Olá Vovó Cassilda
Não consegui encontrar o seu mail para lhe responder, desculpe ser aqui nos comentários.
Quanto à pergunta que me faz sonre os pratos, não tem nenhuma aplicação de 3D, é apenas o guardanapo colado com cola verniz e mais nada...
Um beijinho e obrigado pelas suas visitas e comentários.
Teresa

Maria Lemos disse...

Olá Cassilda,
Em primeiro lugar muito obrigada pela visita e comentário deixado no meu blog.
Seja benvinda á blogosfera!
parabens pelo layout do blog está girissimo.
Quanto aos seus trabalhos ainda não vi vou ver de seguida.
Um beijinho para si
Maria Lemos

PS:Admiro imenso a maneira carinhosa como se refere aos netos...conheço alguém que tem uma postura identica e hoje passados 20 anos (idade da minha filha mais velha)é notório o reflexo desse carinho na personalidade de quem teve a possibilidade de o receber.

Goreti Rodrigues disse...

Boa noite
É a primeira vez que passo neste blog e adorei os seus trabalhos em particular os quadros, estão fantásticos. Parabéns

Paula Lemos disse...

Olá...
Estou de visita pela primeira vez ao seu blog e adorei todas as peças... acho adorei é pouco, pois estão todas fantásticas.
Parabéns..
Paula Lemos
PS - vou voltar

Cris disse...

Olá, pois já deu para perceber que é uma avó babada, mas que bom que o é pois é muito bonito, quando temos os avós por perto. Quero dar-lhe os parabéns por ser avó e pelos lindos trabalhos que tem. Se me permtir, passarei muitas mais vezes para ver o que tem para nos mostrar. Bom fim de semana.

Cris disse...

Dona Cassilda, mais uma vez estou por aqui. Desta vez para agradecer os elogios ao meu ponto de cruz, pois realmente é a minha grande paixão. Claro que em primeiro lugar está o meu filhote de 10 anos, depois o marido e casa, que tem sempre alguma coisa para fazer. Todo o tempo que arranjo que por vezes não é muito é para fazer umas cruzinhas, agora estou sem nada em mãos, mas já ando angustiada.Tenho feito muito, mas nada para mim ou pouco para mim, gosto de dar o que faço ás minhas amigas.Mais uma vez não deixe que desapareça, esta alegria que parece ter dentro de si, viva porque agora é que sabe apreciar a vida. Já me estou a longar, mas para terminar estive á poucos dias num curso de cristandade e alguém disse uma frase que gostei muito e é muito verdade, que é: A vida não custa viver, custa é saber viver.
Beijinho e uma boa semana. Cristina